AO VIVO
Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
Busca
Belo Horizonte
27ºmax
17ºmin
Correio
MEIO AMBIENTE

Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência após incêndios florestais

Ao menos 1,4 milhão de hectares dos biomas Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica foram queimados

14 setembro 2020 - 15h55Por Martha Alves

O governo do Mato Grosso do Sul decretou, nesta segunda-feira (14), situação de emergência por 90 dias em todo Estado devido aos incêndios florestais nos biomas Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.  Em todo o Estado, 1,4 milhão de hectares dos três biomas foram queimados neste ano, segundo estimativa do Ibama/Prevfogo.

Com o decreto e imediata homologação por parte da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, o Estado receberá recursos federais para ampliar as estruturas de combate aos incêndios em 79 municípios sul-mato-grossenses. 

"Com o reconhecimento federal, o decreto flexibiliza e agiliza ações imediatas como a contratação de brigadistas e o aluguel de aeronaves”, disse o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Segundo o governador, diferentes planos de trabalho vão nortear  o combate aos incêndios em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. 

“Mas claro que ação mais ostensiva será no Pantanal, que enfrenta a maior seca já vista nos últimos 50 anos e teve 12% de sua área consumida pelas chamas”, enfatizou o governador.