AO VIVO
Menu
Busca domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Belo Horizonte
27ºmax
17ºmin
Correios Celular - Mobile
GERAL

Família reclama que GCM não prestou atendimento a idoso agredido

Criminoso desferiu soco no nariz da vítima quando chegava em casa no centro de SP

22 setembro 2020 - 20h00Por Martha Alves

Familiares de um idoso de 70 anos, agredido durante tentativa de roubo, reclamam que uma equipe da Guarda Civil Metropolitana (GCM) ouviu o pedido de socorro e não prestou atendimento. O crime ocorreu em frente ao prédio da vítima, no centro de São Paulo, no final da noite da última terça-feira (15). 

Por volta das 23h30, Paulo Belchior de Freitas estava chegando no prédio onde mora na Praça Júlio Prestes quando um homem se aproximou e desferiu um soco no seu nariz para tentar roubar uma sacola com objetos pessoais. “Graças a Deus que ainda tinha lá o carro para amortecer a queda", disse o sobrinho 

Os sobrinhos ouviram o tio gritar “pega ladrão, pega ladrão” e desceram do prédio para prestar socorro.  Neste momento, os guardas disseram que o idoso tinha sido vítima de uma tentativa de roubo e que não prenderam o criminoso porque ele fugiu em direção à Cracolândia. 

Imagens das câmeras de segurança do prédio mostram um carro da GCM estacionado a poucos metros do local da tentativa de roubo  e um guarda caminhando lentamente em direção ao idoso após a fuga do criminoso.

Procurado, o Comando Geral da Guarda Civil Metropolitana informou que acompanha o caso, que está sendo devidamente apurado.

As imagens foram entregues no 3º DP (Campos Elíseos), que investiga o caso. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.